Blog

Maersk tem grandes Prejuízos com vírus NotPetya


Postado em 26/01/2018



Os detalhes foram revelados pelo presidente da companhia, Jim Hagemann Snabe, durante palestra no Fórum Econômico Mundial nesta semana.

“Foi um esforço heróico. Normalmente, eu diria que isso deveria ter levado seis meses”, resumiu Snabe, um profissional com vivência na área de tecnologia, tendo chegado a ser co-CEO na SAP.

Durante o período, a Maersk operou com “sistemas manuais” e “resiliência humana”, com uma perda de apenas 20% no volume total de mercadoria transportada. 

Para se ter uma dimensão do que isso significa: um barco da empresa ancora em algum lugar a cada 15 minutos, carregando tipicamente entre 15 mil e 20 mil containers. O prejuízo estimado ficou entre US$ 250 milhões e US$ 300 milhões.

“No futuro, quando a automação criar uma confiança total em sistemas digitais, o esforço humano não será mais capaz de ajudar em crises como essa”, comentou Snabe.

Talvez seja uma boa manter as planilhas em papel a mão. Só por se acaso.

Analisando um caso como esse chegamos a conclusão que o mais importante sempre em uma operação desse nível é sempre preciso agir de forma preventiva, tal como utilizar opções de backup com fornecedores diferentes, com tecnologias diferentes evitando assim que caso sua estrutura seja comprometida você sempre tenha uma segunda opção. 

 


CONTATO

Fale conosco, teremos o maior prazer em atendê-lo
E-mail: contato@w2psolution.com.br
Fone: (48)98419.4404 • Whats: (51)99262.9532